fbpx

Sabe-se a muito tempo que as emoções negativas podem ter um impacto destruidor na vida das pessoas que as cultivam. Além de limitarem os pensamentos, essas emoções negativas também diminuem nossas ações.

Por outro lado, até pouco tempo as pesquisas relacionadas a felicidade apenas mostravam que ela servia somente para trazer um bem-estar e nada mais. Entretanto, pesquisas mais recentes vêm mostrando que a felicidade expande o número de possibilidades que o nosso cérebro processa, além de nos tornar mais ponderados e criativos.

Outro fator importante revelado recentemente é que a felicidade traz uma vantagem química ao nosso cérebro. As emoções positivas estimulam a liberação de serotonina e dopamina, neurotransmissores responsáveis por diversas funções cerebrais.

A serotonina por exemplo está relacionada a aumento da auto percepção, da adaptabilidade ao ambiente e a redução de ações de compulsão. A sua falta está relacionada a quadros depressivos. A dopamina é um neurotransmissor relacionado a energia física e a manifestação de amor.

Além desses fatores, também nos ajudam a sintonizar os centros de aprendizado do cérebro, tornando-o mais rápido e eficaz. Outra pesquisa mostrou que quando estamos nos sentindo felizes nosso córtex visual (região do cérebro responsável pela visão) tem sua percepção ampliada, ou seja, quando estamos tristes deixamos de visualizar o que acontece com nitidez e focamos apenas no superficial.

As emoções positivas podem trazer um aumento significativo no desempenho. Segundo uma pesquisa realizada, indivíduos que são estimulados a pensar em algo feliz, ou recebem algo como um doce, que traz uma sensação positiva, apresentam resultados mais elevados em atividades propostas.

Pessoas mais felizes tendem a ser mais bem-sucedidas e mais eficientes. Use seu cérebro a seu favor. Estimule-se a pensar positivo, tenha hábitos saudáveis, desenvolva uma rotina onde a felicidade seja a essência e não uma consequência.

Seja feliz simplesmente, e quando a tristeza vier, é importante que a viva também, mas não de importância demais, pois os benefícios da felicidade são muito melhores! 😉

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse Comigo